segunda-feira, março 05, 2007

Espiritismo X Homossexualidade

Um texto interessante que fala sobre a homossexualidade no Espiritismo. É meio grande, mas vale a pena ler!


Toda paixão que aproxima o homem da natureza animal o distancia da natureza espiritual.Paixão é todo excesso, abuso da vontade.O homem poderia sempre vencer suas más tendências pelos seus próprios esforços, porém é a vontade que lhe falta.O meio mais eficaz de se combater a predominância da natureza corporal sobre a espiritual é praticando a abnegação de si mesmo.(o livro dos espíritos, questões:908,909 e 912).Tudo me é permitido, mas nem tudo me é lícito; nem tudo me convém.(Paulo, cap.5,v:12). Homossexualidade. Obrigado Pai celestial, obrigado Jesus – governador deste orbe. É gratificante e consolador entender a justiça divina realizada através do processo das vidas sucessivas – a reencarnação. O rabino, Jesus de Nazaré, veio encarnado a 2000 anos atrás para nos mostrar e ensinar as variadas formas de expressar o Amor a Deus e ao próximo como a nós mesmos, perdoando a seus algozes; testemunhando a doçura, a simplicidade, a humildade, a abnegação. No terceiro dia após o drama do calvário, ressuscitou (reapareceu, ressurgiu) do sepulcro, dessa vez em espírito para nos deixar uma prova viva e incontestável da imortalidade da alma; testemunhou assim o prosseguimento da vida após a morte da carne. Dou graças por isso. Só assim podemos hoje, com estudo, observação isenta de paixões e análise da razão ter respostas para tantas perguntas que num pretérito recente ficavam à mercê da maledicência, do pré-conceito, do fanatismo. O homossexualismo foi durante muito tempo criticado, subjugado, atropelado, vitimado, espoliado por paixão vil – por temperamentos irresponsável, humilhado por todos inclusive por seus familiares mais próximos como Pai e Mãe. Hoje, com estudo e prática vivenciada no Cristianismo puro e entendimentos clareados pela Doutrina Espírita, temos a alegria de ensejar novos panoramas para esses nossos irmãozinhos reencarnados que trazem em seu perispírito (corpo espiritual)marcas a serem clareadas com o cumprimento da lei de causa e efeito, ação e reação, de um passado recente. Deus é o organismo do qual o homem é célula, daí o porquê de amá-lo sobre todas as coisas, pois, sem Ele, a humanidade não existiria. Se no homem Ele está, então faz sentido amar a si mesmo, bem como ao próximo, já que nele Deus também está. O homossexualismo é, antes de tudo, um efeito, não uma causa. É alguém que se encontra despolarizado, desajustado entre seu eu psicológico ( mental ) e seu eu físico ( biológico, orgânico). Morfologicamente é um homem ; psicologicamente sente-se mulher; ou, morfologicamente é uma mulher , psicologicamente (mentalmente) sente-se homem. As raízes da sexualidade residem na alma, ainda que se evidencie a contribuição genética atuando no corpo físico. Há casos que não envolvem uma despolarização entre mente e físico (chamado Inversão psicológica ), é o caso, por exemplo, dos homossexuais viciados que se comprazem nisso por mera viciação devido a experiências na adolescência ou mesmo na idade adulta, seguindo um comportamento ansioso por novas sensações, obcecado pelo prazer sexual; há homens envolvidos com o homossexualismo viciado que são másculos; há lésbicas que são extremamente femininas. A pior situação é, sem dúvida, a do homossexual viciado, que está comprometendo o futuro, ao fazer sua semeadura pelo bel prazer vicioso. Os homossexuais despolarizados (mente e físico) estão tendo uma colheita de espinhos de acordo com a programação divina, uma vez que não há o “acaso”. Pode ter sido alguém que causou sofrimentos físicos e morais em outras pessoas, enganando-as, iludindo-as, abusando do sexo. O indivíduo, nessa Segunda condição, não deve julgar-se incapacitado para a felicidade, uma vez que depende dele, de seu empenho em enfrentar os desafios da vida; os desvios do sexo costumam vir na esteira do vazio existencial, daí é fundamental mudar a orientação de suas vidas, iniciando-se na prática do bem, buscando valores que , segundo Jesus as traças não roem nem os ladrões roubam. Aos viciados , depende dele, da firmeza de sua decisão, da perseverança nos bons propósitos e, sobretudo, da consciência de que é preciso vencer o vício do homossexualismo , esforçando-se por superá-lo, tanto quanto os fumantes, alcoólatras, toxicômanos , glutões.... , lembrando que a vida sempre cobra pesados impostos sobre os prazeres do vício. Ao travesti (que têm uma inversão psicológica), esse deve e pode canalizar o sexo (energia criadora) manifestada na geração de formas físicas, para as realizações abençoadas no campo da arte, da filosofia e da religião, por exemplo. É o que se denomina “sublimação do impulso sexual”. Em todos os tempos passado e presente, muitos artistas foram grandes solitários, justamente por não aceitarem o relacionamento homossexual para o qual sentiam tendência; voltaram-se inteiramente para a sua arte, realizando seu trabalho, centralizando suas aspirações em torno da produção artística, gerando “filhos” imortais, em gloriosas composições musicais, obras literárias, esculturas e pinturas, que exaltam a beleza e a harmonia. •Preconceito é fundamentado na opinião dos outros; são as raízes de nossa infelicidade e sofrimento neurótico, pois deterioram nossa visão da vida. Gerador de conflitos onde predomina a impiedade, responde pelas guerras destruidoras, nas quais os povos e as nações se atiram uns contra os outros devorados pela volúpia da alucinação ; dividindo as pessoas e classificando-as sob padrões que as chancelam, a umas engrandecendo e a outras estigmatizando indevidamente; o preconceito racial , político, social, religioso, tem levado gerações volumosas à miséria, ao degredo, à morte infamante. Ninguém é no todo exatamente aquilo que dele pensamos ou sentimos. Relações mudam, quando mudamos o foco que temos sobre aqueles de nossa convivência, que são diferentes de nós. “Julgamentos definitivos excluem as possibilidades da fraternidade “ Evidentemente não somos obrigados a ser coniventes com as atitudes do próximo, no entanto, os desafios da convivência apelam para a reavaliação de nossas análises quando em relação aos nossos irmãos, no dia-a-dia. Podemos não deixar de ajuizar e pensar, sobre a maneira e, sobre as atitudes escolhidas por alguém de nosso convívio, mas devemos conduzir-nos à postura de predisposição ao convívio fraternal nas bases do amor ao próximo, da tolerância, do perdão e do entendimento, tanto quanto possível. Como podemos apressar em emitir acusações sobre o próximo se nem a nós mesmos conhecemos com exatidão? Esse automatismo milenar faz-nos, na maioria das vezes, a reduzir o conceito de valor do “ Outro “ , porque assim , equivocadamente sentimos ser melhores que eles, seu superior , o todo poderoso , o verdadeiro egocêntrico ( centrado em si mesmo ; nada vê em sua volta). Algumas vezes, não poucas, deparamo-nos com uma situação de “Projeção de auto-repulsão”, recriminando no “Outro” o que não aceitamos em nós. Nos momentos difíceis de nossa caminhada terrestre, em constante vigília, saibamos exercitar o Amor em todas suas formas; compaixão, indulgência, misericórdia, perdão, humildade, simplicidade, paciência, tolerância, abdicação, fraternidade, caridade, para com todos nossos irmãos; não sejamos iguais aos túmulos caiados : brancos e limpos por fora ; sujos e podres por dentro . Sejamos todos, e sempre, praticantes silenciosos de atos e verbos que determinem a verdadeira caridade e o amor universal. Jesus de Nazaré demonstrou ser plenamente imune a qualquer influência alheia quanto a seus sentimentos e sentidos de vida, revelando isso em várias ocorrências de seu messiado terreno. Em verdade, Cristo veio para os doentes que têm a coragem de reconhecer-se como tais; não veio para os sãos, ou para aqueles que se mascaram. O Mestre não pode fazer a nossa parte, por mais poderoso que seja. “Quem quiser vir após mim que tome a sua cruz e siga-me”. A salvação é um processo dinâmico, exige esforço e cooperação; não poderia ser uma dádiva gratuita, imposta de fora para dentro da alma humana. Todo aquele que amar, será salvo

63 Comments:

At 3:32 PM, Blogger Mike Czar said...

boa reflexao e bom p/ refletir, ne? rs

saudade!

bjaum

 
At 9:19 PM, Blogger FOXX said...

naum entendi se o texto apoia ou condena...

 
At 1:30 AM, Anonymous carioca said...

Eu acho que entendi a dúvida do Foxx: é que o texto fala tanto que acaba confundindo um pouco. Mas me deu a impressão de que tá apoiando, né?

 
At 7:26 AM, Blogger Divorciado said...

Kaka,
Confuso e reflexivo, não consegui chegar a uma opinião para comentar aqui...e tbém ñ gosto muito de comentar sobre esse tema que sempre são muito polêmicos. Mesmo assim li por completo.
Penso que qq forma de amor vale a pena e q Deus ensinou o amor ao homem, ao próximo e não a promiscuidade.
Não vou entrar nessa de me achar um pecador nessa altura da minha vida. Quero mais é ser feliz.
Abraços.

 
At 12:03 PM, Blogger Bi du Surf said...

Fala meu browwww, cara, curti muito o texto, mas não entendi se ele condena ou não. Mas dá pra refletir...

abração amigo

 
At 3:14 PM, Blogger Jovemaventureiro said...

Mais um na lista dos que não entendeu , mas é muito reflexivo. A maioria da tematica espeirita nos põe a analisar nossas vidas terrestres.

Gostei do texto, pelo menos alguém no meio religioso pensar e comenta sobre isso.

Bjos!

 
At 3:47 PM, Blogger DAN' MARINE said...

Oi, Kaka! Valeu pelo teu comentário. Sei muito bem quando não estamos inspirados para escrever e ainda mais quando estamos sendo precionados pelo tempo. Hehehe... Normalmente deixamos para última hora!!! Hehehe...

Com relação ao texto, Adorei!!! Ele é bem profundo e reflexivo. Eu penso que a aceitação de nossa orientação sexual depende de nós mesmos, tudo vai depender de como iremos lidar com ela de forma construtiva que traga o bem comum entre nós mesmos e aos outros. O texto não é nem a favor e nem contra, ele busca estimular responsabilidade a nossa felicidade. Abraços.

 
At 8:56 PM, Blogger Bernado said...

Obrigado pelo elogio a respeito do blog, moço!

Adorei o seu, vou passar sempre por aqui!
=)

 
At 11:13 AM, Anonymous Eliseu said...

Vou contar-te um segredo...
Estás preparado para o ouvir?


Olá chamo-me Eliseu e convido-vos a conhecer o meu blog. Obrigado!

 
At 9:45 AM, Blogger Vilser said...

Eu acho que esse texto mais complica do que explica. A vida já é tão cheia de dores e confusões em um período tão curto, que não acho que precisamos refletir demais. O ideal é fazer o que faz bem ao seu corpo e espírito e tentar não prejudicar os outros... Melhor não se preocupar demais, senão, não se vive... Se Deus não nos quer felizes como podemos ser, então ele quer escravos, não pessoas que o amam acima de todas as coisas! Beijão!

 
At 11:52 PM, Blogger Uemerson said...

O que muitos fazem ao procurar saber a opinião de religiões sobre muitos assuntos polêmicos é tentar justificar idéias promíscuas, de discriminação, pois a maioria não possui argumentos que dêem vazão ao desrespeito ao próximo,como no caso de críticas ao homossexualismo. O objetivo do espiritismo não é condenar nem humilhar ninguém, mas sim instruir, visando o crescimento interior daqueles que o procuram.

Todo círculo vicioso é prejudicial ao indivíduo, assim como tudo ligado ao materialismo. Um exemplo, o sexo com diretrizes viciosas. Esses irmãos(que possuem distúrbios sexuais), estão muitas vezes colhendo o que plantaram no passado,e outros acumulando débitos.Cabe a nós direcionar nossas tendências más ao bem, ao amor em todas as suas expressões,para não acumularmos dívidas em nossas próprias consciências.
Respeitemos o próximo e trabalhemos por vigiar nossos atos e nossa forma de ser, tendo como exemplo magnânime o mestre dos mestres.Paz para todos!

 
At 6:09 PM, Anonymous Anônimo said...

... totalmente preconceituoso esse texto... as pessoas que escreveram não são homossexuais,,,pois não sabem o que realmente acontece....é ridiculo comparar a homossexualiade ao VICIO...como drogas,promiscuidade...etc....issso acontece com heteros tambem...Só porque o individuo é homossexual não quer dizer que ele não possa ter uma vida normal...existem homossexuais viciados e héteros tambem. Ninguem escolhe ser hétero ou homo, é prova a ser cumprida, é uma questao cultural, o preconceito é podre...
ridículo criar rotulos!!!!!!!!!

 
At 12:37 PM, Anonymous Anônimo said...

acrredito q seja facill criticar e expor opinião sobre o assunt qnd a texto acim nd mais é de uma forma preconceituosa mais com ocarater de "eles n sabem o q fazem meras criaturas de viciados n devemos critica-los" o mesmo digo ser comparado a outros vicios como as drogas e outrso ve-se tecnicamenet q existe diferenas ninguem nasce fumando ou bebendo isso sim faz a pessoa pro ma influencia seguir o caminho das drogas diferente do homossexualismo q n se da por incentivo mais sim pelo q se sente.
Credito no amor ao proximo e toda amor q é exercdo sem prejudicar ao proximo q tido como amor de deus e cabe a ele sim julgar e colher em seu grande amor...

 
At 11:20 AM, Anonymous Giovana said...

Sabe... Sou espírita e há pouco tempo descobri que amamos as pessoas independentemente se a roupa que usa é de um Homem ou de uma Mulher. Concordo que não podemos rotular e nem mesmo comparar o homossexualismo a um vício. Mas que ser Gay ou Lesbica é uma prova difícil. Penso que o que devemos condenar seja a promiscuidade. Promiscuidade essa presente também em relacionamentos heteros. Se duas mulheres ou dois homens descobrem o amor e esse amor é vivído intensamente baseando-se em respeito e carinho, não temos porque condená-lo. Devemos aceitar esse amor como qualquer outro. É dificil amar alguém nos nossos tempos. Vamos apoiá-los e aceitá-los sem preconceitos ou reservas. Estamos aqui para sermos felizes e contribuir para que os outros também sejam.

 
At 6:11 PM, Anonymous Conci said...

Parabéns..

Sou Espirita e senti nas Belas Palavras do texto uma boa oportunidade de Reflexão.

Abçssss!!

 
At 3:22 PM, Anonymous Anônimo said...

O texto condena a prática homossexual de forma camuflada pelos "belos e confortantes" comentários de que podemos vencer esse "mal" através da sublimação desses desejos...putz...
bom, na minha opinião, quem pensa assim é que deve fazer terapia pra aprender a se amar...só quem é homossexual sabe o que se passa em relação à prática homossexual...eu trabalho no campo das artes e posso afirmar que não dá pra sublimar (tirar a prática sexual) e focalizar tudo nas artes...isso é loucura!!!

 
At 1:33 AM, Anonymous Abençoada said...

Ola, eu sou uma mulher e namoro outra mulher. Nossa relaçao é de amor, de carinho, de perdao, de parceria. Acho que existem varios tipos de relaçoes tanto hetero, qto homo, e tenho ctz que Deus abençoa o nosso amor, pq fazemos muito bem uma pra outra, amamos a nós mesmas e uma a outra, isso torna o relacionamento sadio e cheio de paz. Deus e o espiritismo exalta o amor; amar ao proximo como a ti mesmo, o perdao, a caridade, vivemos dentro dos seus ensinamentos e é isso que importa pra Ele. Claro que temos defeitos, mas esses servem para crescermos e td obstaculo que vier, sera um degrau para um dia chegarmos mais promixas de Jesus (Ele é o amor mais puro e perfeito do mundo)

 
At 1:47 AM, Anonymous jhefferson said...

no espiritismo temos que entender o seguinte, quando desencarnamos, vamos para um plano espiritual, onde revermos toda nossa vida passada, erros e vitorias, quando chega a hora de voltarmos e nos que decidimos, como viremos tambem e nos que escolhemos, entao se escolhemos vir como homem é porque assim nos escolhemos, mesmo que tenhamos sido mulher em outras vidas, por isso devemos respeitar nossas proprias decisoes, mais nao podemos descarta que tambem à amor entre pessoas do mesmos sexo, acho que quando o amor é verdadeiro devemos aceitar e respeitar...pois o amor nao tem sexo...só nao devemos viver na promiscuidade, respeitando nosso corpo e lei de DEUS.

 
At 10:55 PM, Anonymous Anônimo said...

Acho que vale a pena ler o que Chico Xavier (Espírito Emmanuel) escreveu:

(Páginas 89-92 do livro "Vida e Sexo", pelo Espírito Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier, em 1970.)


HOMOSSEXUALIDADE

"Pergunta - Quando errante, que prefere o Espírito: encarnar no corpo de um homem, ou no de uma mulher?"
Resposta: - Isso pouco lhe importa. O que o guia na escolha são as provas por que haja de passar."

Item nº 202, de "O Livro dos Espíritos", 1857

A homossexualidade, também hoje chamada de transexualidade, em alguns círculos da ciência, definindo-se, no conjunto de suas características, por tendência da criatura para a comunhão afetiva com uma outra criatura do mesmo sexo, não encontra explicação fundamental nos estudos psicológicos que tratam do assunto em bases materialistas, mas é perfeitamente compreensível, à luz da reencarnação.

Observada a ocorrência, mais com os preconceitos da sociedade, constituída na Terra pela maioria heterossexual, do que com as verdades simples da vida, essa mesma ocorrência vai crescendo de intensidade e de extensão, com o próprio desenvolvimento da Humanidade, e o mundo vê, na atualidade, em todos os países, extensas comunidades de irmãos em experiência dessa espécie, somando milhões de homens e mulheres, solicitando atenção e respeito, em pé de igualdade ao respeito e à atenção devidos às criaturas homossexuais.

A coletividade humana aprenderá, gradativamente, a compreender que os conceitos de normalidade e de anormalidade deixam a desejar quando se trate simplesmente de sinais morfológicos, para se erguerem como agentes mais elevados de definição da dignidade humana, de vez que a individualidade, em si, exalta a vida comunitária pelo próprio comportamento na sustentação do bem de todos ou a deprime pelo mal que causa com a parte que assume no jogo da delinqüência.

A vida espiritual pura e simples se rege por afinidades eletivas essenciais; no entanto, através de milênios e milênios, o Espírito passa por fileira imensa de reencarnações, ora em posição de feminilidade, ora em condições de masculinidade, o que sedimenta o fenômeno da bissexualidade, mais ou menos pronunciado, em quase todas as criaturas.

O homem e a mulher serão, desse modo, de maneira respectiva, acentuadamente masculino ou acentuadamente feminina, sem especificação psicológica absoluta.

À face disso, a individualidade em trânsito, da experiência feminina para a masculina ou vice-versa, ao envergar o casulo físico, demonstrará fatalmente os traços da feminilidade em que terá estagiado por muitos séculos, em que pese ao corpo de formação masculina que o segregue, verificando-se análogo processo, com referência à mulher nas mesmas circunstâncias.

Obviamente compreensível, em vista do exposto, que o Espírito no renascimento, entre os homens, pode tomar um corpo feminino ou masculino, não apenas atendendo-se ao imperativo de encargos particulares em determinado setor de ação, como também no que concerne a obrigações regenerativas.

O homem que abusou das faculdades genésicas, arruinando a existência de outras pessoas com a destruição de uniões construtivas e lares diversos, em muitos casos é induzido a buscar nova posição, no renascimento físico, em corpo morfologicamente feminino, aprendendo, em regime de prisão, a reajustar os próprios sentimentos, e a mulher que agiu de igual modo é impulsionada à reencarnação em corpo morfologicamente masculino, com idênticos fins. E, ainda, em muitos outros casos, Espíritos cultos e sensíveis, aspirando a realizar tarefas específicas na elevação de agrupamentos humanos e, conseqüentemente, na elevação de si próprios, rogam dos Instrutores da Vida Maior que os assistem a própria internação no campo físico, em vestimenta carnal oposta à estrutura psicológica pela qual transitoriamente se definem. Escolhem com isso viver temporariamente ocultos na armadura carnal, com o que se garantem contra arrastamento irreversíveis, no mundo afetivo, de maneira a perseverarem, sem maiores dificuldades, nos objetivos que abraçam.

Observadas as tendências homossexuais dos companheiros reencarnados nessa faixa de prova ou de experiência, é forçoso se lhes dê o amparo educativo adequado, tanto quanto se administra instrução à maioria heterossexual. E para que isso se verifique em linhas de justiça e compreensão, caminha o mundo de hoje para mais alto entendimento dos problemas do amor e do sexo, porquanto, à frente da vida eterna, os erros e acertos dos irmãos de qualquer procedência, nos domínios do sexo e do amor, são analisados pelo mesmo elevado gabarito de Justiça e Misericórdia. Isso porque todos os assuntos nessa área da evolução e da vida se especificam na intimidade da consciência de cada um."



(Páginas 89-92 do livro "Vida e Sexo", pelo Espírito Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier, em 1970.)

 
At 12:02 PM, Blogger Dri said...

E interessante notar que não se faz menção à imensa quantidade de desvarios, dispêndios energéticos e quedas que ocorrem no "mundo hétero"...Por que apenas aos homossexuais cabe essa pecha, nos textos espíritas? Em livros como "Sexo e obsessão", "Sexo sem preconceito, sem segredo, com equilíbrio", "Sexo além da morte", apesar de apresentarem o sexo como bom e poderosa fonte energética presente na humanidade como um todo, não enfatizam que sim, é também possível vivenciá-la com responsabilidade compromisso e amor dentro da Homossexualidade, TANTO QUANTO entre os heterossexuais! Concordo com um comment acima, que é uma gigantesca idiotice exigir o celibato como forma de evolução para os homos...De novo apenas em relação aos homos...ATÉ QUANDO teremos visões estigmatizadas e segregantes? Espero em Deus que haja a equidade no que tange às responsabilidades de TODOS os seres humanos em relação ao uso do sexo, enquanto poderosa energia propulsora de vibrações intensas e capazes de evoluir a todos nós! Que assim seja!

 
At 12:00 AM, Anonymous Anônimo said...

Sinto muito, mas esse texto não é um texo espírita. Não sei onde o conseguiu, mas me parece uma série de compilações. O espiritismo não trata o homosexualismo como "vício", mas sim com naturalidade.
Dá uma lida nesse texto:
http://www.terraespiritual.locaweb.com.br/espiritismo/artigo768.html

Seria uma discrepância muito grande de toda a codificação achar que o homosexualismo é "vício" que deve ser combatido.

 
At 12:06 AM, Anonymous Anônimo said...

Se você observar bem, o texto não sabe nem diferenciar um homossexual de um transexual. Não tem como dá credibilidade. E o autor ainda se diz espírita? Pfuuuuu.. só sendo mesmo!!

 
At 12:29 PM, Anonymous Gustavo said...

O espiritismo tenta disfarçar (de forma muito pouco convincente, diga-se de passagem) a mesma condenação que outras religiões cristãs fazem à homossexualidade. Este texto não passa de um monte de besteira condensada e faz comparações absurdas, como equiparar homossexuais a álcoolatras, fumantes etc. Espero que quem passe por aqui tenha um mínimo de bom senso e desconsidere tudo o que ele diz!

 
At 10:42 PM, Anonymous Felipe said...

Infelizmente o texto é espírita sim.

Puro preconceito e foi por essas e por outras que abandonei a doutrina. O próprio Chico Xavier pregava a abstinência dos homossexuais (já li artigos dele sobre isso).

Já li também na página da federação espírita que um homossexual assumido não poderia ser um médium trabalhador duma casa espírita federada.

No fim das contas o espiritismo não passa de uma religião com dogmas (mesmo que não chamem assim) como todas as outras, o melhor é ser um homossexual feliz, ateu e com fé na moral, no amor e na felicidade.

 
At 9:11 AM, Anonymous Anônimo said...

O espiritismo é apenas uma religião como qualquer outra .Isto quer dizer que é boa para quem acredita nela.Não tem nada de melhor ou pior que as outras. , não tem nenhuma verdade suprema que ninguém viu. É apenas um segmento de raciocínio de fé.
Portanto , tud que ela fala é o que reflete a crença de seus seguidores. Homossexualismo é uma ssunto mais que polêmico , uns condenam , outros apoiam um verdadeiro Carnaval de fé e fanatismos, Acredito que se u gay é coerente não promíscuo não vejo grandes problemas , caso contrário realmente é muito carnal , gays querem sacanagem em geral . Mas em contrapartida , os hetero também então quem ganhou???
Afinal desejar homens é este crime tão grave?????

 
At 7:21 PM, Anonymous Anônimo said...

UM BOM DIA A TODOS,
Li o texto.
Me confunde muito todos que leio. emannuel condena literalmente falando deste o dia que li um livro dele deixei de ser o espirita que eu era. Hoje de estudo para romances me bloquei pra leitura.
E penoso saber que nao posso ser quem eu sou. Sei que temos que evoluir mas sera que evoluçao e sinonimo de alto flagelo psicologico???
Sou homossexual e vejo as falhas do meio gls. Todas as imperfeiçoes. E sei que as vejo pq elas estao em mim. Nao digo no FATO DE AMAR E VIVER COM UM HOMEM. Digo sim do orgulho, egoismo, da vaidade desenfreada.
Acredito no amor de dois homens e de duas mulheres. O amor e divino. E o sexo como amor se ILUMINA. Entrei no espiritismo pq procurava um lugar que me aceitasse como sou para o trabalho da seara do mestre.
Mas sera que realmente sou aceito???? Digo nao pelos freguentadores e dirigentes de uma casa espirita mas pela DOUTRINA DOS ESPIRITOS... patriciodepauloteixeira@hotmail.com

 
At 11:57 PM, Anonymous Anônimo said...

O texto é preconceituoso e trata a homossexualidade como um distúrbio, mas isso de uma forma bem disfarçada. È muito fácil tentar mascarar o preconceito através de palavras tidas como compreensivas. O texto é claramente preconceituoso, e retrata a opinião do autor e não do espiritismo, manipula informações e recomendações da doutrina de forma a reafirmar o preconceito, mesmo dizendo que não se deve ser preconceituoso. Um exemplo disso é quando o autor intitula a homossexualidade como um vício: “é preciso vencer o vício do homossexualismo , esforçando-se por superá-lo, tanto quanto os fumantes, alcoólatras, toxicômanos , glutões...”. Na minha opinião tal postura tem base na mesma lógica dos pensamentos que justificam a as “Guerras Santas”, que justificou a inquisição e que até hoje justifica inúmeros ABSURDOS, em nome de um pensamento ou doutrina. Pega-se uma idéia e a deturpa por completo para justificar absurdos.Tudo é passível de interpretação, e a mente humana é muito boa para adaptar as situações e pensamentos para os nossos verdadeiros vícios. Na obra da codificação não há nenhuma passagem que justifique esse tipo de preconceito contra a homossexualidade.

hilasj@gmail.com

 
At 12:07 AM, Anonymous Alvaro said...

Emmanuel - Vida e Sexo, cap. 21: Homossexualidade)
"Observadas as tendências homossexuais nos companheiros reencamados nesta faixa de prova ou de experiência, é forçoso se lhes dê o amparo educativo adequado, tanto quanto se administra instrução à maioria heterossexual. E para que isso se verifique em linhas de justiça e compreensão, caminha o mundo de hoje para mais alto entendimento dos problemas do amor e do sexo, porquanto, à frente da vida eterna, os erros e acertos dos irmãos de qualquer procedência, nos domínios do sexo e do amor são analisados pelo mesmo elevado gabarito de justiça e misericórdia. Isso porque todos os assuntos nesta área da evolução e da vida se especificam na intimidade da consciência de cada um". )

 
At 3:58 PM, Anonymous Anônimo said...

Apenas queremos se felizes da nossa maneira mas, nem todos podem entender o que sentimos, somos pessoas e o mais importante de tudo somos filhos de Deus e ele nos ama mesmo sendo diferente dos outros sendo assim cabe somente a ele nos julgar,perdoar e acima de tudo fazer-nos sentir como pessoas normais que o amam e são amadas por ele...

 
At 3:58 PM, Anonymous Anônimo said...

Apenas queremos se felizes da nossa maneira mas, nem todos podem entender o que sentimos, somos pessoas e o mais importante de tudo somos filhos de Deus e ele nos ama mesmo sendo diferente dos outros sendo assim cabe somente a ele nos julgar,perdoar e acima de tudo fazer-nos sentir como pessoas normais que o amam e são amadas por ele...

 
At 12:41 AM, Blogger favu said...

Os comentários parecem ser de um heterossexual que confunde afeto com despolarização energetica sexual,caralho... Fala assim porque recalcou muito bem sua possibilidade de ser biba, não suporta nem pensar nisso! Falar da homossexualidade de outros é auto afirmar sua heterossexualidade. Afff.... Que perda de tempo...
Ser gay não ofende a ninguém... Pô, Deus deve ter mais o que fazer....

 
At 5:20 PM, Anonymous Marina said...

É incrível que uma quantidade enorme de pessoas se auto-intitulam espíritas e não conseguem ver-se e ver o outro como um espírito imortal.
Discutimos aqui um tema relacionado ao corpo físico, perecível, cuja característica não define, de nenhuma maneira, as qualidades morais (espirituais) do Espírito que o anima.
Kardec diz que o verdadeiro espírita é reconhecido pelo esforço que faz para superar suas más inclinações. Entretanto, alguns donos da verdade consideram que possuem os critérios acertados para definir quais são essas más inclinações. Esses donos da verdade possuem autoridade moral para ditar regras?
Amar é uma má inclinação? Segundo alguns, depende... Se o amor é entre pessoas de sexos diferentes. (vergonhoso)
Segundo Jesus, devemos buscar o amor incondicional.
E ainda relembrando Kardec, os espíritos não tem sexo.
De que falamos aqui, do corpo ou do Espírito? De amor físico (existe?) ou um de um sentimento que pertence ao Espírito?
Basta de utilizar a Doutrina para tentar apoiar nossos preconceitos.
A Doutrina Espirita é o Consolador prometido por Jesus, que veio a luz para auxiliar o Espírito em sua evolução, para consolar, para que tengamos uma fé raciocinada.
Que raciocinio há em acreditar que a prática sexual baseada no amor, no respeito, seja ela homo o hetero, constitui-se em um vicio, um desequilibrio?
Amemos mais e julguemos menos.

 
At 11:40 PM, Anonymous Anônimo said...

Eu adorei o texto e acho que só ficou confuso para quem não conhece pelo menos um pouquinho do Espiritismo.

Eu acredito que ele está neutro: não apóia, mas também não fica do contra. Tudo isso faz parte da evolução dos espíritos e que têm que passar por essa fase de separação de sexos, porém, no plano espiritual, a alma é neutra.

Para mim, é mais ou menos assim: somos almas que reencarnam na Terra em busca de uma melhora interna e não externa. Nossa maior missão é amar a Deus e ao próximo assim como nós mesmos. Porém, todo mundo sabe que isso não é algo fácil de cumprir.

Pelo que conheço do Espiritismo, eu entendi que se numa encarnação passada eu fui um homem e enquanto eu tive essa sexualidade desrespeitei as mulheres, família e irmãos, estarei sendo mulher na próxima existência - o que não foge de ser sensível e todas essas características femininas -, para que minha alma entenda como é estar no lugar da outra pessoa. Mas isso não quer dizer que Deus está punindo! A alma só está colhendo o que plantou!

No caso da mulher que também teve o mau uso da mente e do corpo que a abrigou, passará pelo mesmo procedimento.

Resumindo, seja qual for a sexualidade, a alma tem que se contentar, perder o orgulho e aprender a ver os dois lados da "vida". Para alguns, isso se torna difícil, o que leva a ser homossexual, ou seja, ele não está se aceitando assim como é, apesar de ter concordado em ser de outro sexo ao reencarnar; essa alma está perdida e não entende que essa existência sofrida é para ententer o verdadeiro sentido do amor.

Hoje em dia é fácil encontrar pessoas com vícios. Não só de drogas e bebidas, mas também viciadas em sexo e leva a procura de novas sensações. Também é fácil encontrar pessoas que são homossexuais por seguir a moda. E na atualidade, ser homossexual é a tendência.

Então, assim como o espiritismo, devemos entender que os homossexuais estão na Terra pelos mesmos motivos que nós: resgatar o amor, aprender amar a Deus. O que diferencia é o modo como chegamos até aqui, as escolhas que tivemos e as experiências que tivemos até aqui.

Enfim, é o que entendi.

 
At 1:17 AM, Blogger Robalo Mourão said...

Olá,

Respeito sua opinião, mas de forma alguma esse texto que produziu traduz o pensamento da Doutrina em relação a HOMOSSEXUALIDADE, que você, erroneamente chama de homossexualismo. O sufixo ISMO indica doença, e todos sabemos que não se trata de qualquer enfermidade, de acordo com a OMS. Antes de mais nada, convém lembrar-lhe, conforme palavras do Livro dos Espíritos, que toda a interpretação está em conformidade e atende as conveniências de quem lê o que lhe apraz. Outra coisa, não há, NECESSARIAMENTE, nenhuma despolarização entre aceitação do corpo e sexualidade. De onde tirou isso? Segundo altos estudos psicológicos isso que você verbalizou é um absurdo. Além do mais, o que faz um indivíduo desajustado não é sua condição sexual, é sim sua postura. Vide tantos oradores espíritas de grande relevância, que não me cabe aqui nomeá-los.Por acaso sabe você o que é ser homossexual? Eu sou homossexual, espírita e não me encaixo no perfil que foi pré-estabelecido no seu texto. Reitero o que disse no início, IRMÃZINHA, esse texto é uma opinião sua, DIGNA de ser respeitada, mas de forma alguma é a representação do pensamento espírita em uníssono, não confundamos as coisas. PAZ E BEM!

 
At 1:44 AM, Anonymous Anônimo said...

Todo espiritismo que afirma que amar pessoas do mesmo sexo seja prova ou expiação não passa de um HIPÓCRITA. Na Era da Graça de Nosso Senhor, o Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, NÃO HÁ LEIS PARA O AMOR, SEJA QUAL FOR. Es´píritos de DEMONIOS, evidentemente é o que são os ESPÍRITAS HOMOFÓBICOS pois explicam segundo as sua próprias concuspicencias, estas que combatem contra a alma, heterossexistas. Este texto é TOTALMENTE HOMOFÓBICO. Homossexual é promessa de Deus cumprida, duas almas em um só corpo. Anjo Encarnado.

 
At 1:47 AM, Anonymous Anônimo said...

Concupiscencias heterossexista: imundicie, tudo relativo à carne, matéria.

 
At 1:18 AM, Blogger jefferson said...

Engraçado, quando o assunto é homossexualismo temos "vícios", somos "viciosos", e quando se refere aos heteros é sempre diferente a maneira de se tratar os desvios das práticas sexuais e aventuras deles, eu já estou cansado de ver artigos, comentários e coisas do tipo, onde sempre querem denegrir o gay, sinceramente, eu só queria que esses irmãozinhos tivessem a oportunidade de esperiênciar oque nós passamos, quando se ama alguém do mesmo sexo, se divide uma vida com essa pessoa e se tenta viver os ensinamentos da doutrina espírita, o fato de haver tanta hipocrisia em torno do assunto sóm afasta as pessoas dos ensinamentos do Mestre Jesus, "Amar ao próximo como a ti mesmo"... Assim fica cada vez mais difícil ser espírita, prefiro estudar a codificação em casa, ir ao centro uma vez por semana, passar no passe e etc... que ter que ficar envolvido com tantosparâmetros que se eu me apegar, vou perder a fé... é difícil ser chamado pelo mestre a trabalhar na messe, mas não poder me apresentar porque "tenho vícios, ou amo de maneira diferente" quando é que isso vai acabar? acho que ainda está muuuuiiiitttooo longe! ou será que terei que procurar uma corrente filosófica religiosa que me aceite do jeito que sou onde poderei trabalhar meus dons espirituais????? a todos um abraço, fiquem na paz!!!!!!!!

 
At 9:40 PM, Blogger Paulo Fappi said...

Olá. Boa Noite caros irmãos em cristo.
Que a Paz esteja em todos os nossos corações.
Quero aqui fazer o comentário de um espírito que por muitas existências escolheu encarnar no corpo de uma mulher e agora quer ter a experiência de viver a vida de um homem. Eu como muitos dos companheiros que colocaram suas postagem no blog também sou um espírito que escolheu esta experiencia. Não gosto dizer que sou gay, homossexual, ou qualquer outro rótulo que os homens criaram para me classificar. Gostei muito do comentário que colocaram a respeito do Emanuel que vou citar novamente.
Emmanuel - Vida e Sexo, cap. 21: Homossexualidade)
"Observadas as tendências homossexuais nos companheiros reencamados nesta faixa de prova ou de experiência, é forçoso se lhes dê o amparo educativo adequado, tanto quanto se administra instrução à maioria heterossexual. E para que isso se verifique em linhas de justiça e compreensão, caminha o mundo de hoje para mais ALTO ENTENDIMENTO dos problemas do amor e do sexo, porquanto, à frente da vida eterna, os erros e acertos dos irmãos de QUALQUER procedência, nos domínios do sexo e do amor são analisados pelo mesmo elevado gabarito de justiça e MISERICÓRDIA. Isso porque todos os assuntos nesta área da evolução e da vida se especificam na intimidade da consciência de cada um". )

Penso eu que realmente um espírito que escolheu encarnar numa existência num corpo ao qual o gênero ele não está muito habituado, realmente o fez por escolha porque tinha que reparar um mal. Mas ao contrário do que algumas pessoas dizem a verdadeira prova não está em viver o Celibato. A PROVA ou EXPIAÇÃO é aprender é não ser PRECONCEITUOSO, porque se nesta existência sou vítima de preconceito é porque na outra eu fui preconceituoso. Quem tiver bom senso e lógica ao analisar o texto do emmanuel acima citado com certeza irá verificar que os ensinamentos das codificações NÃO CONDENAM AS PESSOAS QUE AMAM SERES DO MESMO SEXO. Parem o olhem bem o trexo que diz: à frente da vida eterna, os erros e acertos dos irmãos de qualquer procedência, nos domínios do sexo e do amor são analisados pelo mesmo elevado gabarito de justiça e MISERICÓRDIA.

Reparem que a palavra justiça se refere a nós que nos chamam de gays, lésbicas, homossexuais, travestis, transexuais, etc. Mas a justiça da qual sofremos é o PRECONCEITO E NÃO O SELIBATO. Por isto nós somos vítimas do preconceito porque devemos aprender a ter MISERICÓRDIA dos preconceituosos.

O mais importante de tudo que temos que aprender em TODAS AS EXISTENCIAS é o único mandamento que o mestre nos ensinou em Jo, 13, 34-35 " Eu dou a vocês um mandamento NOVO: ameme-se uns aos outros. Assim como eu amei vocês, vocês devem se amar uns aos outros. Se vocês tiverem amor uns para com os outros, todos reconhecerão que vocês são meus discípulos".

Meus irmãos cristãos, não importa se somos espíritas, católicos, evangélicos, o que importa é que somos cristãos e irmãos. Da mesma forma não importa qual o gênero que nosso espírito tem preferência, o que importa é que todos nós AMAMOS.

Por isto nós que somos vítimas do preconceito vamos aprender a ter misericórdia dos preconcentuosos. Esta é a verdadeira provação que escolhemos: "aprender a ter misericórdia". Em outras vidas nós fomos déspotas, ditadores, opressores e quem sabe até mesmo HOMOFÓBICOS. Chegou a nossa vez de aprendermos o que é sofrer preconceito.

A aos irmãos que ainda não escolheram esta prova eu lhes asseguro que um dia vocês escolherão. Neste dia vocês irão saber na pele o que é amar um espírito que usa a mesma roupa que a sua. Neste dia vocês aprenderão a ter misericórdia de nós.

Mas tanto a nós como a vós o mandamento é o mesmo, aprender a ter misericórdia.

 
At 9:43 PM, Blogger Paulo Fappi said...

"E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;
E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:
Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós." (Matheus 5, 1-11)

Muito obrigado a todos os irmãos que fizeram seus comentários e contribuiram para esta discussão tão polêmica. Que todos nós possamos usar estas discussões não para cultivar o ódio em nossos corações, mas para aprender que cada filho de deus pensa de um jeito e que devemos respeitar a maneira de pensar dos outros se desejamos que respeitem a nossa. Convido a todos a rezarem comigo a oração da Serenidade: " Concedei-nos Senhor a Serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos e sabedoria para perceber a diferença SÓ POR HOJE." 24 Horas de Paz e Serenidade a todos.

 
At 2:25 AM, Blogger Nádia Dias said...

Meu amigo, o que você está dizendo é que a homossexualidade é um "problema"...o que te aproxima perigosamente das idéias radicais...Deus é amor e a gente não tem condições senão de teorizar as questões. Porém, de uma coisa nós sabemos: a sexualidade não interfere no caráter do ser.
E é o caráter que importa.
A inversão da busca sexual, não faz ninguém menos evoluído. A alma não tem sexo, portanto o que o corpo deseja, desde que não prejudique a outrem e não profane a máquina física, como as drogas (inclusive as consideradas lícitas), não é condenável, nem considerado um "problema".
Para mim, gays são pessoas como nós mesmos, no caminho, aprendendo/ensinando a fraternidade. Jesus ensina a "amar" o próximo, e não especifica gênero.
Muita paz!

 
At 3:23 AM, Blogger Paulo Fappi said...

Muito pertinente a observação. Obrigado por contribuir conosco na discussão deste assunto tão delicado. Paz e Vida Longa

 
At 1:04 PM, Blogger Lobo Pasolini said...

Texto homofóbico.

 
At 2:51 AM, Anonymous jessica said...

So eu e meus semelhantes, sabemos o que é ser homossexual. So eu sei o tamanho imenso do amor q sinto por minha esposa e ainda o infinito amor que posso transmitir ao meu proximo.
Sabe de uma coisa? Que Deus me veja, que meus caminhos sejam guiados por ele, e so por ele porque eu sei, eu sinto, meus erros e meus acertos. Ser homossexual não é erro algum, desvio esta na conduta que cada um segue, Heteros, homossexuais ou qualquer outra terminologia terrestre! Se um dia tiver que pagar por amar uma pessoa do mesmo sexo, pagarei de queixo erguido, porem enquanto estver na terra...a minha lei é a lei do meu amor "profano".

 
At 11:52 PM, Blogger Mariana said...

Leia melhor o que diz o texto "Em Matéria Afetiva" de Chico Xavier, ditado por André Luiz, que você irá também refletir sobre as suas palavras. Veja também o que diz Chico Xavier no Programa Pinga-Fogo sobre o Homossexualismo. Por tantos textos que me inspiram confiança eu não posso concordar com você.
Abraços.

 
At 2:35 PM, Blogger Paulo Fappi said...

Olá Companheira marina. Não consegui entender seu ponto de vista em sua postagem. Poderia por favor citar para nós o trecho do livro que você citou em sua postagem? Obrigado.

 
At 4:39 PM, Blogger Caue de Camargo said...

Prefiro nem comentar...
apenas leias isto...

Pergunta: Como se explica o homossexualismo à luz da Doutrina Espírita?


CHICO XAVIER : "Temos tido alguns entendimentos com espíritos amigos, notadamente com Emmanuel a esse respeito. O homossexualismo, tanto quanto a bissexualidade ou bissexualismo, como assexualidade, são condições da alma humana. Não devem ser interpretados como fenômenos espantosos, como fenômenos atacáveis pelo ridículo da humanidade. Tanto quanto acontece com a maioria que desfruta de uma sexualidade dita normal, aqueles que são portadores de sentimentos de homossexualidade ou bissexualidade são dignos do nosso maior respeito e acreditamos que o comportamento sexual da humanidade sofrerá, no futuro, revisões muito grandes, porque nós vamos catalogar do ponto de vista da Ciência todos aqueles que podem cooperar na procriação e todos aqueles que estão numa condição de esterilidade. A criatura humana não é só chamada à fecundidade física, mas também à fecundidade espiritual. Quando geramos filhos, através da sexualidade dita normal, somos chamados... também à fecundidade espiritual, transmitindo aos nossos filhos os valores do espíritode que sejamos portadores.

Não nos referimos aqui aos problemas do desequilíbrio, nem aos problemas da chamada viciação nas relações humanas. Estamos nos referindo a condições da personalidade humana reencarnada, muitas vezes portadora de conflitos que dizem respeito seja à sua condição de alma em prova ou à sua condição de criatura em tarefa específica. De modo que o assunto merecerá muito estudo. Nós temos um problema em matéria de sexo na humanidade que precisaríamos considerar com bastante segurança e respeito recíproco. Vamos dizer: se as potências do homem na visão, na audição, nos recursos imensos do cérebro, nos recursos gustativos, nas mãos, na tactividade com que as mãos executam trabalhos manuais, nos pés, se todas essas potências foram dadas ao homem para a educação, para o rendimento no bem, isto é, potências consagradas ao bem e à luz, em nome de Deus, seria o sexo em suas várias manifestações sentenciado às trevas?"

( Entrevista concedia à extinta Rede Tupi de Televisão, São Paulo, ao programa "Pinga Fogo", em 28 de julho de 1971 )

 
At 11:09 PM, Anonymous Anônimo said...

Pessoal o texto não está condenando porque não podemos condenar uma característica que já nasce com a pessoa, aliás, não temos o direito de julgar ninguém. O texto só "condena" as pessoas que não são homossexuais porém que tem relações homossexuais ou de qualquer natureza por simples vício do sexo da mesma forma que o alcoolismo, tabagismo, etc devendo esse vício ser controlado. Quanto aos homossexuais inatos, o que é condenado é a promiscuidade, ou seja, o sexo não pode se tornar uma coisa fútil de modo a ser realizado com qualquer um simplesmente por satisfação do desejo. O sexo deve sempre estar vinculado ao amor e ser uma consequencia dele.Todos sabemos quando cometemos abusos, difícil é aceitar e conter nossos desejos. O fato é, não condene a ninguém porque todos aqui passamos por experiências que nos permitem evoluir espiritualmente e o respeito ao próximo é o maior passo que podemos dar em nossa evolução. Jamais descrimine, julgue ou condene porque não sabemos o nosso dia de amanhã.

 
At 7:42 PM, Anonymous Anônimo said...

Bom, lendo mais um texto acerca do assunto, vejo, como a DOUTRINA ESPÍRITA é lisa, reta e DIVINA, o que está podre ai, é o MOVIMENTO ESPÍRITA, isso porque ele é feito por homens, falíveis, muitas vezes guiados por idéias próprias. Realmente, o testo tem alguma fundamentação Doutrinária, porém, se analisarmos o texto de Emmanuel que foi postado em um dos comentários, vê-se que o problema maior está no que se faz do sexo, como se procede com esse impulso tão forte e maravilhoso. Raul Teixeira em uma explanação acerca do assunto diz, que o centro espírita devia preocupar-se muito mais com os heterossexuais do centro espírita que usam máscaras da sociedade que diz que é certo e bonito um homem ter 1000 almas gêmeas, e que é errado um gay amar o seu namorado\esposo, isso sim é condenável pela Doutrina. Divaldo Franco em entrevista, esclarece que sim, o mais acertado seria que houvesse a abstinência, porém isso causa enormes transtornos ao ser que o fará, deve ser feito com consciência do sofrimento, com vontade, e isso, certamente é muito dificil, eu como bissexual e espírita que sou desde a infância, digo NÃO QUERO REPRIMIR MEUS IMPULSOS HOMOSSEXUAIS, porém vou tratá-los com respeito, assim como tratarei com respeito meus impulsos HETEROSSEXUAIS. Em um estudo realizado por mim e um grupo de amigos acerca do assunto, nunca se chegava a um conscenso entre os que opinavam, Chico pelo que li, nunca apoiou a abstinência forçosa, pelas próprias vivências que se tem hora em corpo feminino, hora em corpo masculino a bissexualidade pe maior ou maior acentuada em todos os seres humanos. Então, preconceito e hipocrisia existe aos montes dentro do MOVIMENTO ESPÍRITA, porém jamais deixemos que o triste dESTE estrague a lindeza da DOUTRINA ESPÍRITA, e não esqueçamos, que É FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO, e não FORA DA HETEROSSEXUALIDA\PRECONCEITO\HIPOCRISIA não há salvação. E se for errado mesmo manter relações homossexuais, á medida que formos praticando a lei de amor, essa que destrói todos os nossos erros e derruba o orgulho, está ideia estará mais concreta dentro de nós e assim por livre e escpontânea vontade deixaremos de prática-la, enquanto isso vou amar meu namoradinho! hehehe

 
At 7:54 PM, Blogger Paulo Fappi said...

Adorei seu comentário. A melhor parte com certeza é FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO. De todos os ensinamentos da Doutrina espírita com certeza este é o mais belo e o mais difícil de ser vivdo. Infelizmente é muito triste ver que este ensinamento ainda anda um pouco esquecido em todas as religiões. Mas graças a Jesus, estamos mudando de mundo expiatório para mundo regenerador, e à medida que a inteligência vai evoluindo, o nosso senso moral também amadurece, o que nos permite compreender melhor este ensinamento.

Quanto a questão do selibato, acredito que é uma escolha pessoal de cada ser, que deve ser tomada com base nas experiências que o espírito encarnado tem necessidade de viver. Não cabe a ninguém impor esta condição aos outros. Tenho certeza que se o selibato fosse tão importante assim, com certeza, Jesus deveria ter nos falado a respeito. Aliás, gostaria que algém me mostrasse em que lugar do evangelho, está escrito alguma coisa sobre a Homossexualidade.

Meus irmãos lembremos do que Jesus nos ensinou. A CARIDADE É O ÚNICO CAMINHO DA SALVAÇÃO. O orgulho, o egoísmo, a hipocrisia, não levam a lugar nenhum.

Paz e Serenidade a todos.

 
At 11:53 PM, Anonymous Fred_NYC said...

Kaka, voce diz: "... da consciência de que é preciso vencer o vício do homossexualismo , esforçando-se por superá-lo, tanto quanto os fumantes, alcoólatras, toxicômanos , glutões"

Discordo profundamente. O "vicio" do homossexualismo nao existe, pois homossexualismo e' uma ORIENTAÇÃO sexual, e nao um COMPORTAMENTO sexual. Temos viciados em sexo que sao heterossexuais. Porem nao se pede para que estes últimos se esforcem para seu superar seu "vicio do heterossexualismo". O mesmo da-se ao homossexual. Seu vicio nao e' o homossexualismo propriamente, como orientação, pois esta existe TAMBEM entre os ANIMAIS (ex: leões, focas, pingüins, macacos, golfinhos, zebras, etc..). que nao tem "karma", "débitos" ou "espinhos" para colherem de delituoso passado.... Portanto, equiparar homossexualismo puramente como um efeito de uma causa que transgrediu a Lei de Deus, e' ERRO, fruto de preconceitos ainda fortemente impressos na sociedade brasileira. Ele e' uma orientação menos comum, porem natural, que quando expressa através de um comportamento sadio, monógamo e imbuído de sentimentos, e' tao louvável e edificante para o futuro quanto a orientação heterossexual.

E por que ela e' natural? Por que se sabemos que temos que reencarnar como homens e mulheres, e' natural que hajam espíritos em transição que optem pela pratica do homossexualismo como caminho para sua felicidade e evolução.

 
At 7:02 PM, Anonymous Anônimo said...

Homossexualismo eh diferente de promiscuidade.

 
At 9:30 PM, Anonymous Anônimo said...

Incrível como os gays utilizam diversos argumentos para suas defesas pessoais, mas entram em contradição ao condenar os próprios homossexuais que optam pela bigamia ou comparam grupos no reino animal à espécie humana. Comportamento egoísta, típico da espécie.

 
At 1:29 PM, Blogger lígia said...

QUE JESUS ABENÇOE A CADA UM DE VCS...BEM SOU ESPIRITA (OU TENTO SER DEVIDO A PROVAÇÕES)E O QUE ESTUDEI E ESTUDO APRENDI ASSIM...EM PRIMEIRO AMAR A DEUS E AO PROXIMO COMO A TI MESMO (ISSO ENVOLVE SEM DISTINÇÃO ALGUMA)...QUE TUDO QUE PENSAMOS E FAZEMOS TEM CONSEQUENCIAS E NINGUEM FOGE DELAS SENDO BOAS OU MAS (LEI CAUSA E EFEITO)...QUE O SER HUMANO EVOLUI EM CADA ENCARNAÇÃO, NUNCA RETROCEDE MAS PODE FICAR ESTACIONADO NA EVOLUÇÃO SE NAO SE ESFORÇAR...QUE OS ANIMAIS NAO PODEM SER COMPARADOS AOS SERES HUMANOS POIS AGEM POR INSTINTOS E UM TANTO DE "INTELIGENCIA", OS SERES HUMANOS SAO INTELIGENTES E TEM SENTIMENTOS ESTAO EM OUTRO NIVEL DE EVOLUÇÃO (BOBAGEM QUERER COMPARAR OS ANIMAIS COM O COMPORTAMENTO HUMANO, E SE FIZEREM ENTAO VERAO QUE ESTAO SE COMPORTANDO COMO ANIMAIS)...QUE O SEXO É AMOR...AMOR DIVINO COM RESPEITO, CARINHO, AFETIVIDADE SENDO HOMO, HETERO NAO IMPORTA...O QUE OS SERES HUMANOS NAO PODEM FAZER INDEPENDENTE DE SUA OPÇÃO SEXUAL É SER PROMISCUO, USAR O SEXO PARA SACIAR SUA NATUREZA (AI SIM ANIMAL) NAO IMPORTA COMO E COM QUEM ISSO QUE É CONDENÁVEL...SOMOS ENERGIA IMAGINEM AQUELES QUE TEM VARIOS PARCEIROS COMO FICAM ENERGETICAMENTE?? UM SUGANDO A ENERGIA DO OUTRO SABIAM QUE EN UMA RELAÇÃO SEXUAL DEMORA UNS TRES MESES PARA SE DILUIR ESSA ENERGIA TROCADA?...TEM QUE HAVER AMOR E RESPEITO...POR ISSO CUIDADO COM SUAS ESCOLHAS...DIGO ISSO PQ EM OUTRAS ENCARNAÇÕES ABUSEI DO SEXO E HOJE COLHO OS FRUTOS DOS MEUS ATOS E PENSAMENTOS...AMEM MAS AMEM COM O CORAÇÃO VERDADEIRO O ESPIRITUAL NAO IMPORTA SUA OPÇÃO SEXUAL MAS SIM COMO VC CONDUZ SUA VIDA...HAVENDO RESPEITO NAO ESTARA FAZENDO NADA DE ERRADO...PEÇO A DEUS QUE TIRE DE NOSSOS CORAÇÕES A MANIA DE QUERERMOS JULGAR AOS OUTROS ANTES DISSO JULGUEMOS A NOS MESMOS....QUE O AMOR A PAZ POSSAM BRILHAR EM NOSSAS MENTES E CORAÇÕES FIQUEM COM DEUS !!!!
AH SE HOUVER ALGUMA COLOCAÇÃO ERRADA POR FAVOR ME CORRIJAM ESTOU SEMPRE APTA A QUERER ME CORRIGIR...
BEIJOS

 
At 1:41 PM, Blogger lígia said...

LENDO AQUI ALGUNS COMENTARIOS... QUE MUITOS NAO CONSEGUIRAM ENTENDER O TEXTO SE CONDENA OU NAO...NINGUEM DEVE OU PODE CONDENAR ALGUMA COISA...O QUE DITA SE ESTA FAZENDO CERTO OU ERRADO É SUA MENTE, SEU CORAÇÃO...PODE PERCEBER NAS MINIMAS COISAS VC SEMPRE SABE O QUE É CERTO OU ERRADO, AS VEZES QUEREMOS TAPEAR A NOS MESMOS MAS NO FUNDO, NO FUNDO SABEMOS QUE O QUE ESTAMOS FAZENDO ESTA CERTO OU ERRADO..COMO JA DISSE DEPENDE DA SUA CONDUTA E DOS SEUS SENTIMENTOS, HAVENDO RESPEITO E AMOR...E NAO PROMISCUIDADE...VIVAM FELIZES...E SE POR VENTURA HOUVER FALHAS ESSAS SERAO COBRADAS FAZER NE...É A LEI...NINGUEM ESCAPA...EU QUEM DIGA...BEIJOS

 
At 11:37 AM, Anonymous Bruno said...

Acho ridículo quando comparam um homossexual a um "víciado sexual", um homossexual é apenas uma pessoa que sente atração e AMOR por pessoa do mesmo sexo! É totalmente errado dizer que um homossexual não está contente com o corpo que tem ou que tem mente feminina (no caso de um garoto). Sou homossexual, me sinto extremamente bem com meu corpo, tenho jeito de homem, não queria ser uma mulher, longe disso! A única coisa que me difere de heterossexuais é que eu tenho atração por pessoas do mesmo sexo que o meu! É muito fácil dizer que um homossexual tem que mudar seus "hábitos infelizes" ¬¬

 
At 11:40 AM, Anonymous Anônimo said...

Boa tarde. O texto em cima têm ideias com as quais concordo. Em vidas passadas o homem/mulher homossexual pode ter sido hetero, no entanto não se comportou de forma positiva e com respeito ao proximo. Homem hetero que desrespeitou mulher, ou mulher hetero que desrespeitou homem. Devido a isso na vida seguinte pode nascer homossexual. Portanto a homossexualidade pode ser uma forma de pessoa se aperfeiçoar, de se suavizar. De passar por uma outra experiencia de modo a evoluir. No entanto este texto é ambiguo! claramente ambiguo. Fala de "homossexualismo" (termo erróneo, o termo correcto é homossexualidade. Ninguem fala de heterossexualismo pois não??? ) e insere-o numa categoria comparavel a vicio! Está errado fazer tal conjetura. A homossexualidade é uma orientação sexual tal como a hetero. Tanto podem haver gays como heteros que são viciados em sexo portanto a orientação sexual não é condição necessaria para que haja um vicio! uma coisa é aquilo que nasce connosco outra é aquilo que decidimos fazer com isso. (os nossos comportamentos percebem?)
E mais...este texto e muitos outros que eu ja li do espiritismo nem sequer falam acerca das relações homossexuais. Há relaçoes deste tipo que são baseadas no amor, na confiança,na fidelidade! porque não é referido isto? E porque diz o texto que o homossexual deve empregar a sua energia noutras coisas que não a sua homossexualidade?já agora esta pergunta nao faz o menor sentido já que esta afirmação de que o homossexual deve-se concentrar noutras coisas também não o faz!
Gays ou não, somos todos humanos e todos temos a necessidade de um dia querer partilhar tudo o que somos com o amor da nossa vida. Sendo gay ou não todos têm direito a ter o seu amor, a namorar, a viver uma vida de comunhão total com alguém. Não é crime. Não é mau para o espirito. Só faz é bem! Não faz sentido os gays virem ao mundo como gays se não for para vivenciar esse campo. Na vida passada não souberam ter relações hetero estaveis e dignas. Nesta vida terão de saber ter uma relação homo estavel e digna.
cumprimentos a todos

 
At 6:00 PM, Anonymous Raymundo Monteiro said...

Caros,

Sou Espírita e homossexual assumido. Já fiz diversas pesquisas sobre o assunto. Por isso, sugiro que leiam o livro: "HOMOSSEXUALIDADE, REENCARNAÇÃO E VIDA MENTAL", Walter Barcelos. é um livro feito por um Psicólogo Espírita que esclarece sobre todas essas dúvidas. Resumindo (a respeito do título: o que é falta não é o simples fato de ser ou não ser gay, mas, como a pessoa nesta ou naquela experiência sexual comporta-se. Esse é o "X" da questão.

 
At 6:16 PM, Anonymous Anônimo said...

HOMOSSEXUALISMO é um GRAVE TRANSVIAMENTO da PERSONALIDADE. PONTO. Quando não é OBSESSÃO, É PERVERSÃO PURA E SIMPLES! É isso que o Diabo quer: a perversão TOTAL da humanidade. Um médium vidente, honesto e idôneo poderia descrever as larvas astrais nigérrimas que pululam nas partes pudendas ou nas zonas erógenas dos homossexuais (e também de qualquer outro SEXOLÁTRA, homem ou mulher!), índice inequívoco de perversão, de involução, o que não acontece com o homem/a mulher "normal", de vida regrada e decente. Peçam a um homessexual bem viadinho que se aproxime de um BOM médium ESPÍRITA ou UMBANDISTA CORAJOSO, ÍNTEGRO e perguntem a este que cheiro ele sente. Certamente, responderá que o viado exala um odor semelhante a enxofre, sinal claro de retardamento espiritual, de padrão de comportamento maléfico, distante dos verdadeiros objetivos da vida. Não é o bastante? Fotografia Kirlian neles, junto com a opinião séria e imparcial de um bom especialista em Kirlianfotografia e verão! Já os espíritos "bons" exalam, geralmente, perfume semelhante ao de rosas! "Psicólogo espírita" que faz apologia ao homossexualismo? Falso profeta, isto, sim, é o que ele é!

 
At 11:15 PM, Anonymous Anônimo said...

GENTE QUE ABSURDO ESPECULAR QUE HOMOSSEXUALIDADE É OPÇÃO. JAMAIS ALGUÉM SE SUJEITARIA A SOFRER COMO UM HOMOSSEXUAL SOFRE. SOU HOMOSSEXUAL E TENHO A CONVICÇÃO DE QUE O ESPIRITISMO ENTENDE MAIS DO QUE NÓS O FATO DE QUE A HOMOSSEXUALIDADE ANTES DE VICIO É UMA EXPIAÇÃO; JULGAR COMO VICIO É INSENSATO LEVANDO-SE EM CONSIDERAÇÃO OS HOMOSSEXUAIS QUE AINDA NEM CONHECERAM O SEXO OU QUE NÃO SÃO SEXUALMENTE ATIVOS, MAS QUE TEM A CERTEZA DA SUA SEXUALIDADE, E OS QUE SÃO HOMENS QUE NÃO MANTEM NENHUM TIPO DE CONTATO COMPULSIVO COM O SEXO. NÓS NASCEMOS ASSIM E DEUS NOS AMA DO MESMO JEITO NÃO SOMOS DIFERENTES, TRANSVIADOS OU TORTOS - SOMOS ESPIRITO COMO TODO MUNDO COM A CONSCIÊNCIA DE QUE ESPIRITO NÃO TEM SEXO.

 
At 10:47 AM, Anonymous Anônimo said...

EXPIAÇÃO, SIM, porém castigo cruel da parte de "Deus", não! SUA EXPIAÇÃO É LUTAR CONTRA OS MAUS INSTINTOS, CONTRA O ABUSO, O DESPERDÍCIO DAS ENERGIAS VITAIS E PSÍQUICAS. O "homem" de hoje, que foi mulher, digamos, durante 30 encarnações, e que portanto "se acostumou" a ser mulher, na condição da qual abusou das energias genésicas, com adultérios, traições, libertinagens, energias das quais, aliás, o sexo ou a "sexualidade" é UM DOS ASPECTOS COMPONENTES DA NATUREZA DO SER e instrumento da perpetuação da espécie, instrumento do qual abusamos, quase sempre inconscientemente (por ignorância, geralmente), REENCARNA COMO HOMEM NÃO PARA SER HOMOSSEXUAL, mas para que isso lhe sirva de FREIO (reeducação, reequilíbrio psíquico) à expansão de seus instintos AINDA animalizados, resquícios de sua passagem pelo mundo animal em sua jornada evolutiva, instintos tais quais aqueles que vemos, por exemplo - muito citado CAPCIOSAMENTE pelos "entendidos" e sabichões -, nos costumes sexuais dos golfinhos e no alegado ou suposto homossexualismo dos macacos (talvez vc goste de ser comparado a golfinhos, mas gosta de ser comparado a macacos? Não gosta? Ah, é? Por que a contradição, em aceitar ser comparado a golfinhos?! Por que convém, é menos aviltante?!). Em poucas palavras, o que o ser induz ao homossexualismo é o meio social, o mar de vibrações deletérias em que ele se acha mergulhado (já que todos somos médiuns, mesmo sem sabermos disso), o contato com as mentes perversas dos fracos e inconscientes retardados, a ignorância do verdadeiro sentido da vida (malandramente desvirtuado pelos sabichões, agentes da trevas), do empresariado ganancioso e inescrupuloso, que procura lucrar com a perversidade dos bons costumes... As causas podem ser inúmeras... ALÉM DAQUELE DEVERIA EXISTIR NAS BOAS FAMÍLIAS E QUE EXISTE ENTRE OS MEMBROS DAS FAMÍLIAS BEM CONSTITUÍDAS (geralmente, nas que NÃO têm carma ou dívida muito pesada com seus companheiros de jornada do passado, talvez agora parentes seus), O VERDADEIRO AMOR é O AMOR DO HERÓI SOCIAL HUMANITÁRIO (Betinho, Irmã Dulce, d. Zilda Arns, Francisco de Assis, Florence Nightingale, Nélson Mandela, Gandhi etc.), bem como dos heróicos anônimos voluntários da boa vontade, que cuidam de orfanatos, de hospitais, que põem a mão na massa para ajudar o irmão desfavorecido... Neles, O AMOR SE ESPIRITUALIZOU! NELES, O AMOR É PURO, LIMPO! POR ISSO, SUAS ALMAS EXALAM O PERFUME DAS ROSAS! Nos homossexuais, VISTO PELA PERSPECTIVA DA MEDIÚNICA SAGACIDADE, o amor é fétido e cagado! SUAS ALMAS TRESCALAM A CATINGA DO INFERNO, O ENXOFRE, O BODUM DO DIABO! OS "BONS", OS "SENSATOS", OS "HUMANITÁRIOS", NÃO PRECISAM DO BEIJO BARBADO NEM DA CLOACA CABELUDA PARA "AMAR"! Não tenho dúvida de que alguns homossexuais "amem" sinceramente o seu gigolô! Mas não desconsiderem também que existem aqueles que "amam" os urubus, os bodes e outros animais repugnantes! Deus, a Inteligência Suprema e, portanto, o Economista e o Supremo Juiz Equânime, a quem premiará com o Galardão dos Justos (na forma de viver em condições mais favoráveis, em mundos melhores, corpos cada vez mais EVOLUÍDOS etc.): os que desperdiçam o Seu tempo e Suas dádivas com um "amor" egoísta, carnal, ou os que AMAM de verdade, humanitaria e abnegadamente, abstração feita aqui, para fins de argumentação, da questão do amor entre os membros da família saudável? Tolinhos... Como dizia aquela sapatão, "eles são crianças e não conhecem a verdade..." Ela também não conhecia... Tanto que... Não sou homofóbico - termo malandro, muito ixperto...: os homossexuais, as lésbicas merecem carinho, respeito, atenção, amparo etc., mas conivência, cumplicidade para com seus erros, sua ingenuidade e/ou sua arrogância? Jamais!

 
At 7:06 PM, Anonymous Anônimo said...

Kardec disse que a doutrina nao deveria jamais ir contra a ciencia, pois as duas se complementavam. A ciencia ja comprovou que o homossexualismo e sua pratica nao sao uma anomalia. Em nenhum texto espirita de Kardec ou de Chico Xavier existe alguma alusao clara em relacao ao homossexualismo. Kardec nunca deixou margens a imaginacao ou interpretacao, sendo criterioso em sua escrita, esclarecendo a doutrina nos minimos detalhes. Se os espiritos superiores que inspiraram Kardec julgassem necessario fazer alguma reprimenda contra o homossexualismo e o ato sexual entre pessoas do mesmo sexo, o teriam feito atraves de Kardec. Acho muito interessante hoje alguns lideres do espiritismo iniciarem interpretacoes pessoais da doutrina. Vale lembrar que somos reponsaveis pelos nossos atos e suas consequencias. Qualquer repercussao negativa que a dessiminacao dessa visao particular do espiritismo causar, sera cobrada por quem a disseminou. Que Deus possa perdoar e orientar nossos irmaos que interpretam o evangelho de forma pessoal, pejudicando seus irmaos, causando discordia e humilhando os que nao sao ou nao agem de acordo com as suas crencas pessoais.

 
At 10:43 PM, Anonymous Anônimo said...

esse texto é muito prolixo,ninguem entende oque ele realmente quer dizer,é de suma importancia que a sociedade saiba nos respeitar,o espiritismo é uma religião que não condena mas tambem não defende e pior,acham que isso é um vicio,meu deus quanta ignorancia;muitas religiões falam muito do amor divino e coisa e tal,mas na realidade quase nunca se ve uma religião botando em prática o amor e o respeito pelo proximo como jesus ensinou.REFLEXÃO?? acho que não temos mais tempo pra tanta reflexão assim,chega de refletir vamos as respostas diretas e objetivas.

 
At 3:11 AM, Anonymous Anônimo said...

PERCEBO, QUE AS QUESTÕES ESPIRITUAIS SOBRE O HOMOSSEXUALISMO, AVALIAM MAIS A RELAÇÃO FISÍCA, SEXUAL CONTURBADA, COLOCANDO DE LADO, O AMOR ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO...
A MAIS DE 10 ANOS CONHECI UMA MULHER, QUE DESDE QUE HÁ VI PELA PRIMEIRA VEZ, SENTI UM AMOR GRANDIOSO DENTRO DE MIM, UMA ENERGIA CONTIDA, QUE SÓ O FATO DE ESTAR AO LADO DELA SINTO-ME BEM,EM ALGUNS MOMENTOS HÁ DESEJO SEXUAL, MAS DENTRO DE MIM EXISTE UM AMOR IMENSO, NÃO APENAS SEXO, VULGARMENTE FALANDO OU APENAS A NECESSIDADE FISÍCA...
HÁ POUCO TEMPO, ELA SE ABRIU COMIGO, AFIRMANDO SABER DOS MEUS SENTIMENTOS,E MESMO ASSIM NÃO SE AFASTOU, SUPONDO TAMBÉM SENTIR ALGO POR MIM TAMBÉM, EU DESCONVERSEI NAQUELE MOMENTO,TENTANDO EVITAR UMA APROXIMAÇÃO ENTRE NÓS "FISÍCA",TENHO MEDO DE PERDER ESSE AMOR, QUE ME FAZ SENTIR TÃO FELIZ, APENAS ESTANDO PERTO DELA!!

ACREDITO POR TUDO QUE JÁ LI SOBRE A DOUTRINA ESPIRITA,QUE EM ALGUMA DAS MINHAS REECARNAÇÕES, NÓS TIVÉMOS ALGUMA RELAÇÃO AMOROSA E QUANDO NOS REENCONTRAMOS, SENTIMENTOS DO PASSADO, DESPERTAM DENTRO DE NÓS!
NEM TODA RELAÇÃO HOMOSSEXUAL, SEJA MERAMENTE PLATÔNICA COMO NO MEU CASO OU CONSUMADA, SEJA PROMÍSCUA, HÁ RELAÇÕES HOMOSSEXUAIS,ENVOLVENDO AMOR, ASSIM COMO NAS RELAÇÕES HETEROSSEXUAIS!!
FALTA NAS EXPLICAÇÕES SEGUNDO O ESPIRITISMO, DOUTRINA QUE ACREDITO PIAMENTE,O LADO EMOCIONAL DAS RELAÇÕES ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO, E A ÚNICA EXPLICAÇÃO QUE EU ENCONTRO SÃO AMORES VINVENCIADOS EM OUTRAS VIDAS QUE DESPERTAM QUANDO NOS REENCONTRAMOS!
E É MARAVILHOSO VIVENCIAR ESSES SENTIMENTOS,MESMO SENDO DO MESMO SEXO!!

 

Postar um comentário

<< Home